F: Tinta da China

04-12-2008-2

José Neves, Comunismo e Nacionalismo em Portugal. Política, Cultura e História no Século XX

A história da oposição entre o Partido Comunista Português e o Estado Novo é em parte a história da contradição entre o internacionalismo comunista e o nacionalismo fascista, mas é também a história da oposição entre dois tipos de nacionalismo.
Em Portugal, o nacionalismo comunista consolidou-se no decorrer dos anos 40, com a reorganização do Partido Comunista Português. É a partir da história do PCP que este
livro propõe interpretar a relação entre comunismo e nacionalismo.
Ao longo de quatro partes, analisam-se os contributos de dirigentes e intelectuais comunistas para criar o conceito de nação. A primeira parte dedica-se à formação de um discurso político e económico sobre soberania nacional, luta de classes e desenvolvimento económico. A segunda debruça-se sobre a teorização da «questão nacional» no estádio do imperialismo e sobre a relação entre imperialismo e anticolonialismo. Na terceira parte, estão em debate vários procedimentos de invenção de um património cultural nacional, da literatura ao desporto. Finalmente, na quarta parte, são analisadas as interpretações que os historiadores comunistas fazem da história de Portugal.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s