Nasceu, em Monforte, em 1921, e era ex-criada de servir, ingressando, em 1955, como funcionária do PCP, da qual já era militante, na clandestinidade. Foi companheira do dirigente comunista José Gilberto Oliveira, residindo um ano em Algés, dois anos nos arredores de Loures e um ano em Lisboa, com um casal. Depois foi para o Porto, onde viveu sucessivamente em seis casas clandestinas. Passou a ser companheira de João Honrado, («João»), de quem teve uma filha, que residia com eles, quando este foi preso, em 25 de Abril de 1962. Era irmã de dois outros funcionários na ilegalidade, Maria Rita Monteiro e Sebastião Monteiro. Foi presa em 18 de Julho de 1963, juntamente com o companheiro, «Ismael», com o qual vivia numa casa ilegal. Recusou responder a qualquer outra pergunta, sendo solta em 14 de Janeiro de 1964. Foi novamente detida, em 22 de Outubro do ano seguinte, na residência de José Gilberto de Oliveira, acusada de ter ligações com a FAP.

Advertisements

Um pensamento sobre “

  1. A biografia de Antonia Joaquina Monteiro esta cheia de erros. Foi companheira de Otavio Pato de quem teve dois filhos . E era cunhada de Jose Gilberto de oliveira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s