Realizou-se na Fundação Luso Americana para o Desenvolvimento, em colaboração com o Centro Nacional de Cultura, o colóquio

A CULTURA PROMOVE A LIBERDADE? – A importância da Comissão Portuguesa para as Relações Culturais Europeias no final do Salazarismo e no Marcelismo, 1965-1974

21 de Junho de 2005

P R O G R A M A:

História do Congresso para a Liberdade da Cultura e da sua sucessora,
a Associação Internacional para a Liberdade da Cultura

15h00 – Abertura
Dr. Guilherme d’Oliveira Martins, Presidente do Centro Nacional de Cultura

15h10 – As origens da Comissão Portuguesa para as Relações Culturais Europeias; comparação com a Comissão Espanhola.
Roselyne Chenu, ex-responsável do programa Europeu da Associação Internacional para a Liberdade da Cultura.

15h40 – A importância da Comissão Portuguesa para as Relações Culturais Europeias no final do Salazarismo e no Marcelismo, 1965-1974.
Dr. João Bénard da Costa, Ex-Secretário-Geral da Comissão Portuguesa.

16h10 – A comissão Portuguesa para as Relações Culturais Europeias – uma análise histórica.
Doutor Nicolau Andresen Leitão, Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa.

16h30 – Coffee break

17h00 – Testemunhos:
João Bénard da Costa
Nuno Teotónio Pereira
João Salgueiro
Mário Murteira
João Cravinho
Manuel Lucena
José Pacheco Pereira
José Medeiros Ferreira

18h00 – Síntese
Dr. João Bénard da Costa, Presidente da Cinemateca Portuguesa.

18h15 – Encerramento
Dr. Rui Machete, Presidente da FLAD.

Anúncios