Num documento não datado,provavelmente de 1957 ou 1958, intitulado Contas, faz-se um esforço de normalização dos balancetes de contas , definindo regras de uniformização da contabilidade partidária. Nesse documento encontra-se uma lista de sinais de identificação, referidos como “sinais convencionais”, para os membros da direcção do partido, em particular do Secretariado, que tinham uma contabilidade própria.

Amilcar.jpg = Sérgio Vilarigues / “Amílcar”

Freitas.jpg = Jaime Serra / “Freitas”

Gomes.jpg = Joaquim Pires Jorge / “Gomes”

Narc.jpg = “Narc.” , “Narciso”?

ramiro.jpg = Júlio Fogaça / “Ramiro”

Anúncios

4 pensamentos sobre “

  1. A homenagem.

    Perduram lamentos sábios que afrontam
    A noite onde a eterna alma dorme
    O castigo onde o frio e o ar se encontram
    No último suspiro do microfone;
    E os clamores do branco céu se aprontam
    Em palmas por tua estrela uniforme.
    E a árvore cresce p’ra dizer adeus
    A quem o céu agora recebeu.

    A Sousa Franco, meu Professor.

  2. Qual o livro que alguém deveria ler como introdução ao comunismo? tipo, em vez de andar a a passear bandeiras efectivamente ler qq coisa que explique. Sugestões?

  3. pah, o livro essencial é O Manifesto Comunista de Karl Marx e F. Engels, existe tambem o classico O “Capital” do camarada Marx tambem, e para alem disso existe uma quantidade admiravel de obras marxistas e leninistas em todas as bibliotecas do nosso país! Isso deve-se ao facto dos grandes mentores da revolução serem comunistas e não socias democratas (tal como o JPP) se assim o fosse ainda viveriamos no tempo da velha senhora, a negra ditadura de salazar…
    É a mais pura verdade 🙂

Os comentários estão fechados.