EDITORAS COMUNISTAS DO PORTO (1930-1)

mentimper.jpg manifcom.jpg

Beneficiando da menor repressão às actividades comunistas no Porto do que em Lisboa, apareceram na cidade duas “editoras” que publicaram livros de carácter marxista e pró-soviético, no início dos anos trinta. Uma, “Edições Era Nova”, sediada na Avenida dos Aliados, 156-8, publica o livro de M. Sherwood, As Mentiras Imperialistas ; Uma Cruzada Contra a Rússia, 1930, em versão portuguesa de Sousa Martins e Artur Roriz. A outra editora, “Editorial Moutinho”, pertencia a José Moutinho, militante comunista portuense. Moutinho, que tinha como profissão empregado de escritório, era membro do PCP desde pelo menos 1925, tendo tido vários cargos na estrutura comunista, membro do Comité Regional do Norte (1926), e da organização do Socorro Vermelho. Era igualmente activista sindical na União dos Empregados do Comércio do Porto. Foi redactor da Bandeira Vermelha (1925) e director de Resistência (1929). Em 1926 foi um dos delegados do Porto ao II Congresso do PCP. Posteriormente, e segundo testemunho de José da Silva, afastou-se da actividade política.
A Editorial Moutinho publicou uma das primeiras edições portuguesas do Manifesto Comunista, Porto, 1931, precedida da seguinte nota:

“EDITORIAL MOUTINHO apresenta o seu primeiro livro, Manifesto Comunista, obra formidável de extraordinária visão poética, escrita em 1848 por MARX e ENGELS.
Toda a doutrinação comunista tem por base esta importante obra, indispensável a todos os que desejem conhecer a sério as razões fundamentais do marxismo, como ponto de partida para um estudo completo sabre essa doutrina.
”

Estas “editoras” desapareceram logo a seguir a estas publicações.

Anúncios

2 pensamentos sobre “EDITORAS COMUNISTAS DO PORTO (1930-1)

  1. caro jcp o capitalismo venceu o cmunismo em 1989 quando o muro caiu e alem disso fidel ja esta a mais no mundo democartico

  2. caro tron, uma batalha perdida não é nem nunca será o fim da guerra! Gostaria muito o capitalismo de ter um icone como o fidel! Ai isso gostaria! Reagan, bush, tony blair, é verdade, os capitalistas são uns tristes!
    ahahaha

Os comentários estão fechados.