ARQUIVOS SALAZAR E CAETANO COMPLETOS NA TORRE DO TOMBO

Transcrevemos do Expresso Online a notícia sobre o depósito na Torre do Tombo do remanescente dos arquivos de Salazar e Caetano que ainda se encontravam na Presidência do Conselho de Ministros.

Os últimos 40 metros de documentos
Salazar na Torre do Tombo

Alterar tamanho
O remanescente dos arquivos de Oliveira Salazar e Marcello Caetano – que até hoje permaneciam sob a guarda da presidência do Conselho de Ministros – vão ser entregues à Torre do Tombo, no próximo Sábado, dia 24. «Com esta transferência documental completa-se finalmente o fundo da presidência do Conselho durante o Estado Novo, criada em 1938», disse ao EXPRESSO Online o comissário das comemorações do 25 de Abril, António Costa Pinto.

O acervo que vai ser entregue este Sábado é o que resta «dos arquivos de Salazar e Caetano que já se encontravam na Torre do Tombo, ficando o arquivo nacional na posse de toda a documentação dos dirigentes do Estado Novo», acrescentou Costa Pinto.

A cerimónia – promovida pelo Comissariado para as Comemorações dos 30 do 25 de Abril – realiza-se no auditório do Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo, na cidade universitária de Lisboa, às 16h00, e será presidida pelo primeiro-ministro. Durão Barroso.

A documentação, numa extensão de 40 metros lineares, é entregue higienizada, organizada e inventariada. Proveniente do organismo de topo da Administração Pública e abrangendo o período de 1938 (data em que a Presidência do Conselho passou a dispor de Secretaria própria) a 1974, este acervo documental reflecte o modo de exercício do poder e, em geral, o funcionamento da sociedade portuguesa durante o Estado Novo. Deste modo, completam-se os «Arquivo Salazar» e «Arquivo Marcelo Caetano» já incorporados na Torre do Tombo

Manuela Goucha Soares

Anúncios

Um pensamento sobre “ARQUIVOS SALAZAR E CAETANO COMPLETOS NA TORRE DO TOMBO

  1. O arquivo, agora completo, é um importante testemunho factual cuja exposição se reveste da maior importância. Não só para que seja apreciado numa perspectiva histórica, mas do ponto de vista das ideias políticas marca um dado momento histórico, elevando a evolução que se deu com o 25 de Abril.

    albertovelasquez.blogspot.com

Os comentários estão fechados.