Albertina Diogo /”Helena” / “Ana”, militante do PCP na clandestinidade, presta um interessante depoimento autobiográfico a São José Almeida, num artigo comemorativo dos 83 anos do PCP, no Público de 6 de Março de 2004. Em complemento desse depoimento, presta também um testemunho sobre os últimos anos de vida de seu marido Guilherme da Costa Carvalho, importante militante clandestino e membro do CC do PCP.
Advertisements

Um pensamento sobre “

  1. Joao Miguel Santos

    É de facto um artigo muito interessante baseado na extraordinária história de vida de Albertina Diogo e seu marido. É um retrato vivo de uma realidade que muitos neste país querem ver apagada.

    Parabéns à jornalista e à Albertina Diogo pela coragem manifestada ao reavivar aqueles anos de vida.

Os comentários estão fechados.