Vão-se realizar, nos dias 12 a 14 de Novembro, em Seia, as VI Jornadas Históricas de Seia, subordinadas ao tema:

O TEMPO DE ÁLVARO CUNHAL.
SOCIEDADE, POLÍTICA E CULTURA. SITUAÇÃO E OPOSIÇÃO.

Dia 12
9h30
Recepção aos participantes e entrega de documentação

10h
Sessão de abertura

10h30
Apresentação:
“Caminhos políticos e culturais: da Primeira República ao 25 de Abril, do Modernismo ao Neo-Realismo”
por Luís Reis Torgal (Professora da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra)

11h
“Bento Jesus Caraça nas coordenadas teórico-políticas do seu tempo”
por António Pedro Pita (Professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra)

11h40
Debate coordenado por Luís Reis Torgal

Almoço

14h30
Recomeço dos trabalhos

14h35
“O ciclo histórico do Neo-Realismo e a autarcia do Estado Novo (1937-1959)
por Luís Augusto Costa Dias (Investigador da Biblioteca Nacional de Lisboa)

15h15
“Música de intervenção e Lopes Graça”
por Teresa Cascudo (Professora da Universidade de La Rioja-Espanha)

15h45
Pausa para café

16h
“A arte dos regimes totalitários: breves considerações”
por Nuno Rosmaninho Rolo (Professor da Universidade de Aveiro)

16h40
Debate coordenado por L. Reis Torgal

Dia 13
10h00
Início dos trabalhos

10h05
“Comunistas e republicanos ‘revilharistas’ na luta contra a ditadura (1927-1939)
por Luís Farinha (director adjunto da revista História)

10h45
“Álvaro Cunhal e a criação cultural”
por Odete Santos (Deputada do PCP)

11h15
pausa para café

11h30
“O devir histórico e Abel Salazar e Álvaro Cunhal”
por Norberto Cunha (Professor da Universidade do Minho)

12h10
Debate coordenado por L. Reis Torgal

Almoço

14h30
Início dos trabalhos

14h35
“Álvaro Cunhal e a ‘refundação’ do PCP. Notas sobre a organização dos nos 40 (sic)”
por Fernando Rosas (Professor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa)

15h15
“Os primeiros anos 60 ea viragem do PCP”
por João Madeira (Escola Secundária Padre António Macedo – Santo André)

15h45
Debate coordenado por L. Reis Torgal

16h20
Beberete

21h30
Projecção do filme de J. Fonseca e Costa Cinco Dias e Cinco Noites
seguido de debate

dia 14
9h30
Início dos trabalhos

9h35
“Os anos de aprendizagem de Álvaro Cunhal (1931-1939)
por João Arsénio Nunes (Assistente do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – Lisboa)

10h15
Tema a confirmar
por José Pacheco Pereira (Deputado no Parlamento Europeu)

11h20
Debate coordenado por L. Reis Torgal

12h
Encerramento das VI Jornadas Históricas

(Informação de Paulo Agostinho)

Anúncios