(Pernes, 1904-15/6/2003)

Moleiro em Pernes, terra da sua naturalidade, onde tinha um moinho. Militante do PCP desde a década de quarenta, desenvolveu grande actividade clandestina na região sob direcção de Soeiro Pereira Gomes. No seu moinho estiveram Soeiro Pereira Gomes, Álvaro Cunhal, Pires Jorge e Guilherme da Costa Carvalho. Durante a estadia de Soeiro em Pernes foi aí escrito e editado o jornal clandestino Ribatejo que se publicou, utilizando o nome do MUNAF, de Novembro de 1945 até 1952.
Tornou-se uma figura local “muito prestigiada, modesta e respeitada” no dizer do Avante! tendo participado em várias cerimónias em homenagem a Soeiro.

Fontes :

Avante !, 10/7/2003

Policarpo Marcelino Gonçalves, Alguns Apontamentos sobre as Recordações da Minha Vida, Pernes, 1997.

Anúncios