“A Casa do Arco, em Coimbra, que pertencia aos herdeiros do poeta João José Cochofel, passam, após restauro, a edificio sede da futura Casa da Escrita, por decisão da Câmara daquela cidade, que adquiriu o edificio por 750 mil euros. 0 objectivo é fazer ali um local destinado ao acolhimento de escritores e obras literária, a instalação de uma biblioteca, urna fonoteca, bem corno palco da diversos acontecimentos culturais.(…) . Recorde-se que pela casa de Cochofel passaram, dos anos 40 ao 25 de Abril de 1974, numerosos escritores e artistas amigos de João José Cochofel, nomeadamente José Gomes Ferreira, Fernando Lopes Graça, Carlos de Oliveira, Augusto Abelaira e Eduardo Lourenço, que ali conviveram com o proprietário em tertúlias de que há relatos na literatura memorialista portuguesa.”

(Jornal de Letras , 25/6/2003)

Anúncios