Arsenalista do Exército, militante sindical. Membro fundador do P.C.P., um dos principais organizadores do C.C. de Lisboa, foi a figura central do primeiro grande conflito com a C.G.T. A sua defesa das posições do partido, quando membro da U.S.O. de Lisboa, levou-o à irradiação da C.G.T. e posteriormente ao impedimento da sua participação no III Congresso Operário, para que tinha sido mandatado pela Associação dos Correeiros. Tornou-se então um dos mais críticos membros do partido face à dominação anarco-sindicalista da C.G.T.. O seu papel no PCP, principalmente na organização de Lisboa, foi fundamental em todo o período da I República. Foi membro da direcção do C.C. de Lisboa, em 1921, da Comissão Municipal Comunista em 1922, e da Federação Comunal de Lisboa em 1924. Em 1923, participou na conferencia de 4 de Março, mas apoiou Rates, o que lhe valeu ser expulso por C. de Sousa. Foi delegado do I Congresso pela Comuna Delescluz. Em 1925-6 liga-se à Esquerda Democrática, abandonando o partido e , posteriormente ao 28 de Maio , adere à União Nacional.

Advertisements